Home » Prof Luiz Marins » As Oportunidades das Olimpíadas

As Oportunidades das Olimpíadas

rio-2016-0

Sem discutir se deveríamos ou não hospedar os Jogos Olímpicos neste momento, a verdade é que os números fantásticos que envolvem as Olimpíadas de 2016, o maior evento esportivo do planeta que será realizado de 05 a 21 de agosto no Rio de Janeiro, merecem uma análise de nossa empresa para ver onde poderemos encontrar as oportunidades que nem sempre estamos enxergando, não só durante o período dos jogos, mas, e até principalmente, após os jogos.

Serão 10.500 atletas de 206 países; 42 esportes; 306 provas com medalhas; 7,5 milhões de ingressos vendidos. Todos os jogos serão transmitidos pela televisão para todo o mundo e a previsão é que 5 bilhões de pessoas assistam. Além disso há os Jogos Paralímpicos que serão realizados de 07 a 18 de setembro com 3.350 atletas de 176 países com 526 provas com medalhas em 23 modalidades esportivas.

O Brasil será o país de maior exposição na imprensa mundial nesses dois períodos e o legado pós-Olimpíada é uma discussão mundial. A Austrália multiplicou várias vezes o número de turistas após as Olimpíadas. O mesmo aconteceu com Barcelona que se transformou no terceiro maior destino turístico
da Europa. Muitas empresas locais de setores como turismo, hotelaria, alimentação, varejo em geral, transportes, etc. e que souberam aproveitar esse momento, tiveram um grande crescimento nos anos após os Jogos. Mas é preciso estar atento para descobrir onde estão essas oportunidades.

É importante lembrar que não será somente o Rio a ser beneficiado. O turismo e o consumo por estrangeiros crescerá em todo o Brasil pois eles sempre aproveitam a viagem para conhecer outros lugares, segundo os especialistas. E o legado perdurará por muitas décadas.

É claro que tudo dependerá da imagem de Brasil que projetarmos e como os jogos se desenrolarão e sei também que o momento econômico é de crise e o aedes aegypt poderá atrapalhar muito, mas é preciso estudar e pensar se há alguma coisa que nossa empresa possa fazer para se beneficiar, por pouco que seja, desse evento mundial.

Assim, meu conselho é que você reúna seu pessoal e faça essa discussão. Existe alguma coisa que nossa empresa possa fazer? É possível?Temos os recursos necessários? Há como fazer com menos recursos? Com quem poderemos nos unir? Onde estão as oportunidades em nossa cidade ou região? Quem poderá nos ajudar? Onde buscar mais informação? O que não estamos enxergando? O que não podemos é perder esta oportunidade.

Pense nisso. Sucesso!

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>