Home » Noticias A-Z » Simpósio VDI-Brasil na FEIMEC 2018 debate a aplicação de Big Data na atividade industrial

Simpósio VDI-Brasil na FEIMEC 2018 debate a aplicação de Big Data na atividade industrial

FEIMEC-MANUFATURADOS

Big Data é um termo relativamente novo e hoje encontra-se no centro da discussão sobre qualidade, produtividade e competividade da atividade industrial. Como o próprio nome diz, trata-se do armazenamento e acesso a um grande volume de dados, mas o conceito e sua real aplicação vão muito além disso, como explica André Wulfhorst, vice-presidente da VDI-Brasil (Associação de Engenheiros Brasil-Alemanha), chairman do VDI-Cluster Digitalização na Indústria e Gerente Sênior de Desenvolvimento de Rede e Treinamento da Mercedes-Benz do Brasil.

“O termo ainda confunde muitas pessoas. A discussão não diz respeito à quantidade de dados obtidos e sim à qualidade de conclusões que você consegue abstrair dos dados que podem ser levantados com um custo cada vez menor. ” Para Wulfhorst, o mercado precisa urgentemente dar o próximo passo no acúmulo de dados para a inteligência analítica.

Esses dois fatores – a relevância e o desconhecimento – levaram a VDI-Brasil a escolher o tema “Big Data Brasil – Digitalizando Competitividade” para seu próximo Simpósio Internacional de Excelência em Produção, marcado para o dia 24 de abril, dentro da programação da FEIMEC – Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos, no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center.

PROGRAMAÇÃO

A programação do Simpósio inclui painéis de discussão de casos de aplicação real do Big Data em setores estratégicos, como Química e Farma, Alimentos e Embalagens e Indústria Metalomecânica. Os painéis são formados por especialistas da indústria e de universidades selecionados pelo VDI-Cluster Digitalização na Indústria.

Dois keynote-speakers abrem os trabalhos: pela Alemanha, o convidado é o professor Dr. Hans-Jörg Bullinger, senador da Sociedade Fraunhofer, que entre 2002 e 2012 ocupou o cargo de presidente da instituição e foi conselheiro dos chanceleres alemães Gerhard Schröder e Angela Merkel; representando o Brasil está professor Dr. Jorge Arbache, secretário de Assuntos Internacionais do Ministério do Planejamento, professor de Economia na Universidade de Brasília e membro do Conselho de Diretores do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES). O Simpósio é encerrado por um terceiro keynote-speaker, ainda a ser confirmado

As inscrições estão abertas e podem ser feitas por meio deste link, onde consta também a programação completa.

PLATAFORMA DE DIÁLOGO

A realização do simpósio dentro da FEIMEC 2018 não poderia ser mais apropriada, segundo Wilson Bricio, presidente da VDI-Brasil e da ZF América do Sul. Para ele, o setor de Máquinas e Ferramentas está no DNA da engenharia alemã e sua presença no Brasil, com soluções personalizadas para a realidade do País, é fundamental para a competitividade global da indústria nacional.

“Por meio da parceria com a ABIMAQ e a Informa, conseguimos aproveitar a FEIMEC como plataforma de diálogo para discutir o rumo futuro deste vínculo tradicional. Acreditamos que a engenharia no Brasil tem um papel fundamental nesta discussão”, afirma.

Bricio lembra que esta é a terceira edição de uma parceria que tem se mostrado muito positiva – as anteriores foram na FEIMEC de 2016 e na Expomafe – Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta e Automação Industrial, em 2017, quando o Simpósio tratou de Soluções Smart para a Indústria.

Para ele, a sinergia entre as empresas participantes da feira, os profissionais que a frequentam e os temas abordados pela VDI-Brasil é muito grande, o que enriquece o debate e propicia benefícios a todos.

O presidente da VDI-Brasil cita como outro exemplo dessa sinergia o Demonstrador de Manufatura Avançada apresentado de forma inédita e exclusiva na FEIMEC 2016, que contou com decisivo apoio institucional e operacional da entidade.  “A mini fábrica 4.0 foi resultado do esforço comum de várias empresas participantes, que proporcionou muito conteúdo para o Simpósio e recebeu elogios de boa parte do público presente.”

André Wulfhorst reforça que o Brasil precisa discutir como abstrair inteligência analítica e, consequentemente, valor, de dados levantados para a indústria. “Sentimos falta de uma visão estratégica no Brasil sobre como inserir a indústria nas cadeias globais de valor através da aplicação de Big Data. Nesta linha, a missão da VDI-Brasil vem ao encontro desta necessidade, pois nosso propósito é aproximar a engenharia alemã e as soluções encontradas no berço da VDI – a associação de engenheiros alemães – das necessidades do Brasil.”

FEIMEC acontece de 24 a 28 de abril, no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center

 

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>