Home » Tonico Senra » Zoo – 12/03/2018

Zoo – 12/03/2018

tonico_site

• Dentro da minha inteligência irritante, a coluna foi a primeira e única como sempre a denunciar a indicação do traste Fernando Segóvia para a PF, enquanto os outros cegos se calaram diante do factóide. A amostra grátis era mais do que clara, saído do gueto do Maranhão, indicado por José Sarney, um câncer eterno da Nação, colocado por detrás da mesa para abafar nitidamente as artimanhas de corrupção de Michel Temer “Perder a Boca”, tendo a audácia de afirmar que uma só mala com R$500 mil dada pela J&F, não simbolizava crime e para completar a ópera queria descaradamente arquivar as falcatruas da Rodrimar, na farra dos Portos, onde qualquer imbecil sabe do dedo podre de Michelzinho, por detrás do apito do navio. Assim mesmo, arrumou uma boquinha rica na Itália, como adido de porcaria nenhuma da PF, vivendo às custas dos contribuintes que lhe oferecerão diariamente um pratinho de massas Barila. Os chamados boys de luxo da Democracia decadente.

• Frase do empresário Ueze Zahran – um homem sempre à frente do seu tempo – fundador e presidente da Copagaz: “Prêmios só fazem sentido quando são fruto de conquistas reais, que vêm através do trabalho. A Copagaz agradece a todos os seus colaboradores, que são os verdadeiros responsáveis pelo reconhecimento da companhia por organizações que ultrapassam fronteiras”.

• Fake News: “Santo” Alckmin tem personalidade, presença marcante e vestirá a faixa presidencial como ninguém…

• Começam os preparativos no Instituto Gustavo Rosa para o coquetel nos primeiros dias de abril, para convidados escolhidos a dedo. Tendo o apoio total da CARBON Blindagem.

• Em carta aberta assinada por inúmeros amigos continuam as súplicas para que o multi-artista Pablo Vittar, aceite concorrer para a presidência da República, em outubro. Entre os que assinaram o manifesto estão: Carlos Augusto Ribeiro Branco, Paulo Tedesco, Renato Moraes Dantas, Kadú Lopes, Carlos Buttori, Marcelo Levy, Richard Cohen entre muitos outros. A coluna agradece o apoio de todos buscando uma solução diante do impasse político que atravessa o país.

• Os blindados Vera e Alexandre Husni prolongam a semana pelo Rio, hóspedes no Copa.

• “As Bocas de Matilde” espalharam que a “poluição visual” Cristiane Brasil, que sonhava sentar na cadeira de vinil do Ministério do Trabalho, e foi “barrada no baile”, vai processar a tudo e a todos que ousaram tomar seu santo nome em vão nas redes sociais. Em outras palavras, vai processar a Nação.

•A BSS Blindagem apresentou durante café da manhã na revenda Comark Mercedes–Benz, o novo vidro para teto de veículos: o “Still Glass”, reforçado com aço nas laterais, aprovado pelo Exército, trazendo total segurança. Comprovem!

• Não me assustaria se o próximo ganhador do Oscar 2019, for um filme tendo como tema uma geóloga anã feiosa, ativista das causas gay, que se apaixona por uma garbosa zebra. As locações feitas na África, onde poderemos ver o interlúdio amoroso em toda a sua extensão direto da savana. O título foi escolhido às pressas: “Menor Impossível”. Na versão dos cinemas brasileiros passaria para “Deu Zebra”…

• Ofendendo a inteligência alheia, o ministro do Tribunal do Trabalho (TST) Ives Gandra Martins Filho sai da sua toca de urso sugerindo que os penduricalhos do Judiciário, como o malfadado auxílio-moradia, sejam substituídos por um adicional por tempo de serviço. Trocando seis por meia dúzia, ao invés de se discutir a legalidade e moralidade de tais benefícios absurdos. Continuamos péssimos na fita com estas cabeças recheadas de fios de ovos.

• Querem de todas as maneiras varrer para debaixo do tapete a sujeirada acontecida na BRF, dona das marcas Sadia e Perdigão. Com documentos obtidos por meio de uma ação trabalhista movida pela ex-supervisora de laboratório da BRF Adriana Carvalho, que acusou a empresa de não só adulterar laudos de qualidade encaminhados à fiscalização, mas também de simular análises de contaminação dos produtos que nunca foram realizadas, investigadores da Polícia Federal, denunciaram toda esta bandalheira alimentícia, com o objetivo de burlar a fiscalização sanitária e continuar exportando para destinos que têm tolerância menor à presença da bactéria salmonela na proteína:. Adriana relatou que muitas vezes não recebia amostras de lotes de produção para análises e nesses casos era obrigada a simular laudos como se a análise tivesse ocorrido normalmente. Para tentar justificar o injustificável, o imbecil Alexandre Silva, coordenador geral de coisa nenhuma do Ministério da Agricultura, saiu com esta piada: “O risco à saúde pública não está devidamente configurado”. Qualquer semelhança com aquela mala de R$ 500 mil…

• “Eu voltei, o boêmio voltou novamente”…Uma velha canção que fez enorme sucesso na voz marcante do cantor Nelson Gonçalves. Desta vez não é o caso devido a um movimento mistureba de alguns pretensos intelectuais de porta de bar que ridicularmente apoiam o nome do ex-prefeito incapaz de São Paulo “Esfiha” Haddad, não como plano B, caso o ogro mentiroso Lula seja impedido pela Justiça de disputar a eleição, mas como primeira opção de uma frente ampla de centro esquerda para a disputa presidencial. Tudo é possível no lamaçal político brasileiro, a fauna radicada em Brasília. Montam verdadeiros bunkers buscando nos fundos das gavetas um nome que possa emplacar diante do povão analfabeto e descamisado para todo sempre enganados por promessas perdidas.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>