Home » Tonico Senra » Zoo 12/06/2017

Zoo 12/06/2017

tonico_site

• “Os dias são assim”… A jovem estudante carregava em seu espírito sonhos e ilusões, passou por debaixo do cordão de isolamento da polícia que continha o ataque de vândalos e de sindicalistas ignorantes, repentinamente olhou para a estátua da Justiça, que se agigantava com todo o seu poderio no meio da praça, o infame e respeitado Tribunal de Brasília. Sabia que era uma imagem de integridade, mas agora enxergava de outro jeito: uma divindade desiludida e cética, prestes a pular daquele pedestal para a calçada a metros a baixo. Não era de se espantar que ao contrário de todas as estátuas, ela tivesse os olhos vendados, o conceito de Justiça Cega, chegava a ser ingenuidade especialmente em um sistema contaminado pela corrupção. Será que ainda resta uma esperança para este País?

• A loja Elektra Veículos na Av. Europa recebeu para um coquetel com o lançamento do SUV Tesla X Master, o cobiçado carro elétrico com autonomia de 500 km., no valor de R$ 900 mil e blindagem especial da CARBON, que na mesma noite inaugurou um concorrido lounge neste endereço.

• Os governistas para salvar a desgastada imagem de Michel Temer “Perder a Boca”, devido a delação de Friboy Batista, utilizam de qualquer expediente, alegando não achar nada estranho aquele encontro no porão do Palácio do Jaburu, já que o presidente tem fetiches extravagantes como se reunir no lavabo com secretários, despachar do almoxarifado, ler emendas constitucionais na adega, nomear ministros dentro do elevador e até mesmo manter encontros amorosos com a própria mulher na lavanderia em meio aos lençóis, panos de prato, edredons embalados pelo forte cheiro de detergente. Freud, explica…

• Para entrar no clima do noticiário sobre a Cracolândia, um amigo da coluna sessentão e recém separado, sócio e frequentador assíduo do Clube Paulistano e com manias deliciosas da própria idade, se confessou um usuário de drogas: só sai com mulheres droga. Segundo ele, daquelas que só pensam em se dar bem a qualquer preço e complexos latentes de síndrome de coruja, só despertam na calada da noite, prontas para mais uma balada. Sem dúvida, nosso herói precisa de ajuda, aceitando internação compulsória e tratamento intensivo…

• Kadú Lopes passa a responder por toda a estrutura da Q7 Blindagem, pois acaba de comprar a parte de seu sócio nesta aventura digna de um Indiana Jones. Para se ter um negócio neste País desfacelado é preciso muita garra e determinação. O governo gastou todos os incentivos com o grupo Friboi. É mais fácil o sargento Garcia prender o Zorro.

• A coluna sempre verdadeira, quer deixar claro a quem possa interessar que a Caninha 51 está exibindo um anúncio nos formatos de painéis na Times Square, um dos principais pontos turísticos de Nova York, por onde passam cerca de 1 milhão de pessoas todos os dias. Não se trata de uma homenagem direta ao consumidor voraz o ogro Lula, se trata apenas de uma peça promocional exibida em um dos telões gigantes durante boa parte do mês de junho.

• Vera Cohen e Carla Ribeiro Lima inauguram em setembro uma sofisticada loja de moda feminina que leva a grife italiana Villa D’este, a mais badalada de Capri. O local escolhido foi a Al. Lorena e o projeto ficará a cargo da Moraes Dantas Construções.

• Irmãos siameses: o ministro Herman Benjamin e
o corretor de imóveis o querido Pedro Hungria Mendes de Castro, o Coruja. Confiram!

• As presidiárias do Complexo Penitenciário Estevão Pinto, em Belo Horizonte, reclamam das mordomias para a bruxa-má Andrea Neves, a nova atração circense do confinamento, irmã do maloqueiro Aécio Neves, afastado pela sua própria quadrilha da presidência do PMDB, (corruptos a serviço do crime) devido a um “diálogo de alto nível” no melhor português castiço digno do falecido escritor José Saramago, suplicando um donativo para Friboy Batista. Sua maninha de fé camarada, nega de pés juntos que seu banho de sol, venha acompanhado com um hidratante Nívea, que suas refeições cheguem diretamente do restaurante Antiquarius no Rio e seu uniforme de presidiária “ton-sur-ton” leve a grife Gucci. Na verdade, o que as presas têem é inveja da sua beleza.

• Os familiares pediram e foram atendidos: o mega empresário Ueze Zahran ganha uma biografia do escritor, biógrafo e palestrante o brilhante Elias Awad (que transforma a verdade em luz divina) contando uma vida que serve como exemplo de luta e perseverança em toda a sua extensão, não medindo esforços em relação às causas sociais através da sua Fundação, na cidade de Campo Grande.

• Se a figura cômica-deprimente do “Cangaceiro” Calheiros elogiou a escolha do advogado Torquato Jardim, como ministro da Justiça, é porque ele não presta. Do outro lado da moeda está Ciro Gomes, um oportunista de plantão, com aquele maldito sotaque do sanfoneiro Luís Gonzaga, dando seu apoio não pedido para Tasso Jereissati, caso venha substituir Temer “Perder a Boca”, repercutindo um tremendo mau estar no Congresso. Chame a Volante!

• Com a supervisão da banqueteira Ana Dutra, a BSS Blindagem movimenta a loja da Av. Europa, para um café da manhã reunindo amigos e clientes.

• O Sesc São Caetano com grife Abram Szajman apresenta o espetáculo teatral para crianças “ A Princesa Que Tudo Sabia… Menos uma Coisa”! Sem querer, o tema cairia como um abacate na cabeça de “Malévola” Rousseff, que está mais para auxiliar de bruxa do que de princesa, mas o não saber fez parte de sua trajetória catastrófica desde os primórdios da Casa Civil, passando pela Presidência do Conselho da Petrobrás, até chegar como um pão amanhecido na porta da Alvorada. O pulo do gato ou da gata, é que ela sabia e fingia não saber dos trambiques do seu staff derretendo dólares estocados na Suiça como fossem chocolates ao leite.

• Os ingressos irão se esgotar em poucos minutos caso se confirme a apresentação do tenor Rocha Loures, “cantando” áreas de Verdi e Puccini, acompanhado pela Orquestra Sinfônica de Curitiba, sob a regência do internacional maestro Sérgio Moro. A única exigência na pauta do artista são as toalhas brancas de puro algodão para serem deixadas em seu camarim. Sem dúvida será uma apresentação inesquecível principalmente para Michel Temer “Perder a Boca”, que logo cedo descobriu o seu talento.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>