Home » Tonico Senra » Zoo 28/08/2017

Zoo 28/08/2017

tonico_site

• Como a notícia correu do Oiapoque ao Chuí, a estátua de bronze do cantor Michael Jackson (1968-2009) instalada na favela Santa Marta, em Botafogo na zona sul do Rio, recebeu um adorno fosforescente: um fuzil, pendurado por um traficante da favela. A foto da estátua com a arma sacudiu as estruturas das redes sociais e motivou polêmicas. Mais um motivo para que a autora Glória Perez, do folhetim global “A Força do Querer” busque inspiração no acontecimento digno de B.O. e insira no seu texto a personagem Bibi Perigosa retratando com euforia a cena. Afinal Glória é a “promoter” da classe dominante das encostas.

• A Copagaz em seu compromisso de aperfeiçoar processos e reduzir os impactos ambientais gerados por suas operações, realiza inspeção veicular periódica, uma exigência de seu presidente Ueze Zahran e do vice Caio Turqueto, para capacitar caminhões e equipamentos de transporte de produtos perigosos. Além disso, a frota passa por uma checagem completa de manutenção preventiva e corretiva. Vale ressaltar que em 2016 não houve multas ou sansões por não conformidade com leis e regulamentos ambientais. Empresa séria, comandada por gente séria, é outra conversa…

• Para colocar no arquivo: são 100 (até o fechamento da coluna) os militares mortos por  bandidos, em meio ao crescimento de crimes como roubos e  homicídios  no Rio de Janeiro. O corajoso secretário de Segurança do Rio, Roberto Sá, cobrou do Legislativo empenho para mudar as leis penais: “Como parece haver em relação as outras reformas, tributária, política e econômica, cadê a criminal?“. Certíssimo! Na contrapartida, o presidente da Câmara, Rodrigo “Baba Ovo”, se sentiu ofendido e respondeu com palavras ao vento: “Que o secretário tenta transferir para outros uma responsabilidade que é dele”. Até parece, a criminalidade é de todas as pretensas autoridades, não de uma só, principalmente em um Estado como o Rio, capenga, empobrecido e ao  Deus dará. Vide bula: são 155 assassinatos por dia, cerca de seis por hora nos Estados brasileiros.

• Na opinião da coluna um tomate vale mais que Gil ”mala” Mendes. Não deveria ser desperdiçado…

• A Moraes Dantas Construções responde pelo projeto do loft da artista-plástica Renata Magalhães, na Vila Nova Conçeição. Será uma mistura adocicada de atelier da artista e galeria de arte.

• A coluna nunca acreditou em pesquisas de votos, são uma espécie de horóscopo: você pode gostar, mas nunca acreditar. Mas apenas “para encher linguiça”, o Instituto Paraná, como não tinha nada para fazer, atestou que João Doria seria o melhor candidato à Presidência da República em 2018, com base em 2802 insignificantes questionados online com 40,3% dos votos. Seguido do “descobridor de talentos” o insípido Alckmin, com 13,2%. As manicures do bairro de Higienópolis estão eufóricas, “Viajando” Henrique Cardoso, José Anibal e Alberto Goldman, conhecidos como Cabeças sem Idéias,  certamente roeram as unhas com a notícia e  terão que ser aparadas em caráter de urgência.

• Com um concorrido almoço em sua sede do Jaguaré, a BSS Blindagem homenageou os Super-Heróis da Stock-Car, com o aval do eterno piloto Chica Serra, um mestre do volante, que fez escola.

• Os políticos brasileiros anteciparam o calendário, já estão vivendo em 2018.

• Andreia e Kadú Lopes seguem rumo a Berlin por 12 dias.

• Por ter sido salvo aos 45 minutos do segundo tempo a pele de Michel Temer “Perder a Boca”, a alcatéia do Centrão pressiona de forma intimidadora o  salvado ao ponto de distribuir como um Feirão da Boa Vontade, cargos para o segundo e terceiro escalões para 40 deputados.

• Depois de muito  tempo de benemerência o Conselho Nacional de Justiça, a muito custo suspendeu pagamentos retroativos para juízes de Mato Grosso. Uma luz se abateu no Conselho, descobrindo que um sortudo magistrado recebeu R$503,9 mil, maior que o teto salarial mensal que está na faixa de R$30 mil. E ainda acham que o País pode dar certo…

• A CARBON Blindagem arma coquetel em seu lounge na Elektra Veículos, na Av. Europa reunindo na base de 50 convidados.

• Guardem no bolso do colete este nome: Pabllo Vittar, uma artista que é a nova aposta do entretenimento com uma performance digna de uma estrela-maior, canta, dança e interage. A mostra é o vídeo clip, em que participou com Preta Gil. Um show!

• Para constar no arquivo: o déficit da Previdência aumenta R$1 bilhão a cada ano que passa e o governo continua sendo chantageado pelos congressistas em uma busca frenética por cargos e mordomias.

• Ao mandar prender (insanamente mandou soltar) o ex-deputado Cândido Vaccarezza, o juiz Sérgio Moro ressaltou que nas planilhas oleosas da Petrobrás aparece com a alcunha de “Parceiro”, recebedor de propinas em cinco tramoias dos operadores Jorge e Bruno Vaz, envolvendo a empresa Sangeant Marine. Para quem sofre de amnésia, a coluna lembra, que esta figura macabra, como não poderia deixar de ser foi líder (sic!) do PT nos governos corruptos do ogro Lula e “Malévola” Rousseff. No presente incerto imigrou como um retirante para a legenda partidária Avanti, um novo produto de voto para enganar analfabetos substituindo o antigo rótulo do PC do B, composto por xiitas e guerrilheiros sem causa.

 

  • Como a notícia correu do Oiapoque ao Chuí, a estátua de bronze do cantor Michael Jackson (1968-2009) instalada na favela Santa Marta, em Botafogo na zona sul do Rio, recebeu um adorno fosforescente: um fuzil, pendurado por um traficante da favela. A foto da estátua com a arma sacudiu as estruturas das redes sociais e motivou polêmicas. Mais um motivo para que a autora Glória Perez, do folhetim global “A Força do Querer” busque inspiração no acontecimento digno de B.O. e insira no seu texto a personagem Bibi Perigosa retratando com euforia a cena. Afinal Glória é a “promoter” da classe dominante das encostas.
  • A Copagaz em seu compromisso de aperfeiçoar processos e reduzir os impactos ambientais gerados por suas operações, realiza inspeção veicular periódica, uma exigência de seu presidente Ueze Zahran e do vice Caio Turqueto, para capacitar caminhões e equipamentos de transporte de produtos perigosos. Além disso, a frota passa por uma checagem completa de manutenção preventiva e corretiva. Vale ressaltar que em 2016 não houve multas ou sansões por não conformidade com leis e regulamentos ambientais. Empresa séria, comandada por gente séria, é outra conversa…
  • Para colocar no arquivo: são 100 (até o fechamento da coluna) os militares mortos por  bandidos, em meio ao crescimento de crimes como roubos e  homicídios  no Rio de Janeiro. O corajoso secretário de Segurança do Rio, Roberto Sá, cobrou do Legislativo empenho para mudar as leis penais: “Como parece haver em relação as outras reformas, tributária, política e econômica, cadê a criminal?“. Certíssimo! Na contrapartida, o presidente da Câmara, Rodrigo “Baba Ovo”, se sentiu ofendido e respondeu com palavras ao vento: “Que o secretário tenta transferir para outros uma responsabilidade que é dele”. Até parece, a criminalidade é de todas as pretensas autoridades, não de uma só, principalmente em um Estado como o Rio, capenga, empobrecido e ao  Deus dará. Vide bula: são 155 assassinatos por dia, cerca de seis por hora nos Estados brasileiros.
  • Na opinião da coluna um tomate vale mais que Gil ”mala” Mendes. Não deveria ser desperdiçado…
  • A Moraes Dantas Construções responde pelo projeto do loft da artista-plástica Renata Magalhães, na Vila Nova Conçeição. Será uma mistura adocicada de atelier da artista e galeria de arte.
  • A coluna nunca acreditou em pesquisas de votos, são uma espécie de horóscopo: você pode gostar, mas nunca acreditar. Mas apenas “para encher linguiça”, o Instituto Paraná, como não tinha nada para fazer, atestou que João Doria seria o melhor candidato à Presidência da República em 2018, com base em 2802 insignificantes questionados online com 40,3% dos votos. Seguido do “descobridor de talentos” o insípido Alckmin, com 13,2%. As manicures do bairro de Higienópolis estão eufóricas, “Viajando” Henrique Cardoso, José Anibal e Alberto Goldman, conhecidos como Cabeças sem Idéias,  certamente roeram as unhas com a notícia e  terão que ser aparadas em caráter de urgência.
  • Com um concorrido almoço em sua sede do Jaguaré, a BSS Blindagem homenageou os Super-Heróis da Stock-Car, com o aval do eterno piloto Chica Serra, um mestre do volante, que fez escola.
  • Os políticos brasileiros anteciparam o calendário, já estão vivendo em 2018.
  • Andreia e Kadú Lopes seguem rumo a Berlin por 12 dias.
  • Por ter sido salvo aos 45 minutos do segundo tempo a pele de Michel Temer “Perder a Boca”, a alcatéia do Centrão pressiona de forma intimidadora o  salvado ao ponto de distribuir como um Feirão da Boa Vontade, cargos para o segundo e terceiro escalões para 40 deputados.
  • Depois de muito  tempo de benemerência o Conselho Nacional de Justiça, a muito custo suspendeu pagamentos retroativos para juízes de Mato Grosso. Uma luz se abateu no Conselho, descobrindo que um sortudo magistrado recebeu R$503,9 mil, maior que o teto salarial mensal que está na faixa de R$30 mil. E ainda acham que o País pode dar certo…
  • A CARBON Blindagem arma coquetel em seu lounge na Elektra Veículos, na Av. Europa reunindo na base de 50 convidados.
  • Guardem no bolso do colete este nome: Pabllo Vittar, uma artista que é a nova aposta do entretenimento com uma performance digna de uma estrela-maior, canta, dança e interage. A mostra é o vídeo clip, em que participou com Preta Gil. Um show!
  • Para constar no arquivo: o déficit da Previdência aumenta R$1 bilhão a cada ano que passa e o governo continua sendo chantageado pelos congressistas em uma busca frenética por cargos e mordomias.
  • Ao mandar prender (insanamente mandou soltar) o ex-deputado Cândido Vaccarezza, o juiz Sérgio Moro ressaltou que nas planilhas oleosas da Petrobrás aparece com a alcunha de “Parceiro”, recebedor de propinas em cinco tramoias dos operadores Jorge e Bruno Vaz, envolvendo a empresa Sangeant Marine. Para quem sofre de amnésia, a coluna lembra, que esta figura macabra, como não poderia deixar de ser foi líder (sic!) do PT nos governos corruptos do ogro Lula e “Malévola” Rousseff. No presente incerto imigrou como um retirante para a legenda partidária Avanti, um novo produto de voto para enganar analfabetos substituindo o antigo rótulo do PC do B, composto por xiitas e guerrilheiros sem causa. 

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>