Home » Tonico Senra » Zoo – 20/02/2017

Zoo – 20/02/2017

tonico_site

  • A Copagaz é destaque na figuração do Guia Exame de Sustentabilidade no período 1999/2016 nas dimensões econômica, social e ambiente. São 68 empresas-modelo de 21 setores da economia brasileira, analisadas pelo Centro de Estudos da Fundação Getúlio Vargas, em referência estratégias, políticas e ferramentas de gestão públicas e empresariais.
  • O vereador Reis – nem é preciso dizer que é da facção petista – apresentou um projeto cômico de lei na Câmara Municipal de São Paulo para homenagear a sra. Ogro Lula da Silva, Marisa Letícia, com o nome de uma avenida que ainda está em construção (deverá ser superfaturada) na zona sul da capital. A sra. Ogro morreu após sofrer um AVC causado por um aneurisma. A coluna sempre muito humana sugere substituir o nome do Edifício Solaris, na Praia das Astúrias pelo de Marisa Letícia, seria mais apropriado. Quanto à avenida, deveria receber o nome de João Vaccari Neto, um petista íntegro, longe de falcatruas e de enriquecimento ilícito.
  • Me engana que eu gosto: este negócio lucrativo impetrado pela Crefisa, para se tornar uma das instituições financeiras mais importantes do País, me faz sentir um leve cheiro de ralo. Oferecendo crédito a um custo de 20% ao mês, funciona quase como um cheque especial, descontando parcelas dos empréstimos na conta corrente do cidadão. Sendo que na verdade, as taxas de juros da Crefisa são até mais caras do que qualquer banco, segundo os dados do Banco Central. Detalhe: mais de um milhão de coitados possuem empréstimos com a financeira madrasta e seus ativos ultrapassam R$ 4 bilhões. Um Brasil, para poucos…
  • Durante o reinado de Momo acontece o tradicional Torneio Jardim Acapulco de Tênis, em Guarujá, comandado pelo empresário Nelson Tedesco, cabendo ao vencedor o troféu Moraes Dantas Construções, em mais uma iniciativa de Renato Moraes Dantas e Carlos Buttori, sempre abertos no incentivo aos esportes.
  • Esta ladainha cantada em prosa e verso do presidente Michel Temer “Perder a Bôca”, ao declarar que o ministro denunciado será afastado e se virar réu na LavaJato será demitido é a aposta que faz na demora da Procuradoria Geral da República  em apresentar a denúncia ao Supremo Tribunal Federal. Na melhor das hipóteses serão mais de dois anos. Com isso Temer – o soberbo – passa uma idéia cretina de austeridade, com declarações sem efeito nenhum.
  • A BSS Blindagem reservou uma ala especial para seus convidados no Espaço das Américas, para assistirem um bom momento da Música Popular Brasileira, trazendo ao palco Daniela Mercury, Toquinho e Filipe Cato cantando Vinícius de Moraes.
  • Graças às ações de deputados petistas que protocolaram denúncias de plágio contra o ministro (sic!) da Justiça licenciado, o incompetente Alexandre de Moraes na Procuradoria-Geral da República e no Conselho de Ética da USP, onde é professor associado, a coluna conseguiu entender a teia de aranha: um livro de direito de Moraes contém trechos idênticos aos de uma obra do jurista espanhol Francisco Lorente, Nosso herói negou ter cometido plágio, foi apenas um desvio de conduta. Reincidente abocanha como um tubarão no livro Legislação Penal Especial, no qual é co-autor ao lado do hoje Procurador-Geral de Justiça de São Paulo, GianPaolo Smanio, trechos idênticos a obra Tóxicos Prevenção–Repressão, escrito pelo professor de Direito Vicente Greco Filho. Como vêem um verdadeiro Robin Hood da caneta Bic. Sem palavras!
  • Os gerentes da revenda Comark Mercedes-Benz foram os convidados da semana para almoço na sede da CARBON Blindagem em Alphaville.
  • Mais uma vergonha no atual quadro político brasileiro ou melhor no “Circo dos Horrores”, com lona estendida em Brasília. A bancada sórdida do PMDB escolheu o corrupto Edison Lobão, investigado na Operação LavaJato para a presidência da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) considerada a mais importante da Casa. Além dele outros três senadores que vão participar do colegiado são investigados e dois são citados na LavaJato. Esta comissão circense que sabatinou o incompetente Alexandre de Moraes, conhecido com exímio plagiador de livros jurídicos para o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal. Mais um tapa na cara dos brasileiros, que vivem sob a tutela de um governo na verdade “genérico” do PT. Solidários eternos nos desmandos.

As colunas são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam, necessariamente, a opinião do veículo.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>